Pictures of Eagles

Loading...

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Aves Exóticas

CALOPSITA

As calopsitas são excelentes animais de estimação, tornando-se extremamente dóceis, brincalhonas, amigáveis e apegadas ao dono. Mas, para isso, é muito importante saber de quem comprar, pois a docilidade de sua calopsita mansa depende muito da criação. Por ser uma ave muito fácil de criar, é recomendada para iniciantes e para quem quer ter pouco trabalho.







DIAMANTE GOLD
Vistos pela primeira vez no ano de 1883, por uma expedição francesa, na costa da Nova Zelândia, quando se encontrava esta em trânsito para a Austrália. Os membros desta expedição, com finalidade científica, ao aportar esta ilha observaram uns pássaros de cores chamativas e que eram muito abundantes, sobrevoando os altos arbustos. Eram Diamantes de Gould. Só puderam capturar três espécimes, os descreveram e decidiram considerá-los como uma nova espécie (Poephila Mirabilis), que traduzindo significa Poe = erva ou grama, phila = amante e mirabilis = maravilhoso. Todos os diamantes capturados eram adultos de cabeça vermelha. O ornitólogo John Gould, que se encontrava a explorar a Austrália, registou nos seus apontamentos que tinha avistado um ninho de Poephila. Outro cientista descobriu na península de Cobourg uns outros pássaros similares, mas de cabeça negra. Foi quando John Gould pensou que era uma nova espécie, que chamou de Amadina Gouldiae. Apesar da sua semelhança, a diferença da cor pareceu-lhe digna de consideração. Neste momento existe ainda polémica sobre o nome científico desta espécie, visto apenas ser uma unica, com certos disformismo. Não demorou muito a comprovar-se que "Amadina Gouldiae" era "Poeplhila Mirabilis" com uma particularidade. É que o Diamante de Gould apresenta uma particularidade muito pouco comum, para uma mesma espécie existem distintas variedades, uma de cabeça negra e outra de cabeça vermelha, que podem conviver e reproduzir-se aparentado-se entre elas. Actualmente existem mais variedades. Os primeiros Diamantes de Gould foram transportados para a Inglaterra no ano de 1887, onde foram recebidos com entusiasmo por parte de aficionados e criadores. Em 1896 foram expostos em Paris os primeiros exemplares vivos de Diamantes de Gould e no ano seguinte em Berlim. O Inglês P.W.Teague foi o primeiro a obter a reprodução do Diamante de Gould, estudando umas 24 gerações e publicando suas observações na Avicultura Magazine entre 1931 e 1946. E aqui começa a grande expansão dos Diamantes de Gould entre os aficionados pela avicultura. Gould em uma de suas obras escreveu: "Se novidade é um atrativo, quando a novidade se une a beleza e a elegância, o atractivo resulta consideravelmente em realeza."Actualmente encontram-se em perigo de extinção na natureza devido às especies introduzidas no seu habitat natural e devido ao fogos que cada vez são mais frequentes.
http://www.clubedocriador.com.br

Um comentário:

  1. Com a beleza de suas cores vivas e bem definidas e o temperamento especialmente dócil, o Diamante de Gould é um dos pássaros preferidos para estimação.

    TAMANHO: cerca de 12 cm.

    CORES: Original - Cabeça: vermelha, preta ou laranja. Peito: violeta. Barriga: Amarelo-ouro. Manto: verde luminoso. Mutações - Cabeça: amarela ou cinza. Peito: branco, rosa ou azul. Barriga: creme. Manto: amarelo, cinza claro, azul etc.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
A Iniciativa IPAMA surgiu da necessidade de se agir pelo meio ambiente, sem esperar a ação de outros e sim sua própria iniciativa.
Ocorreu um erro neste gadget