Pictures of Eagles

Loading...

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

ARTIGOS ( Vermes)















Dr. Danilo Testa
profissão: Médico Veterinário - CRMV 24661
Sou médico veterinário formado pela Faculdade de Jaguariúna em Julho de 2007.
Data de publicação: 20/11/2008


As verminoses são comuns e podem causar a morte das aves. Os nematóides (vermes redondos) mais comuns e mais patogênicos para os psitacídeos são o Ascaris e a Capillaria...
Saiba mais sobre as VERMINOSES
As verminoses são comuns e podem causar a morte das aves.
Os nematóides (vermes redondos) mais comuns e mais patogênicos para os psitacídeos são o Ascaris e a Capillaria, que parasitam o sistema digestivo (intestino principalmente).
Aves com verminose podem não apresentar sinais clínicos (sintomas) se a infestação for baixa. Outras aves apresentam emagrecimento, má absorção do alimento, crescimento retardado nos filhotes, diarréia, fezes escuras e sanguinolentas e morte.
Grande quantidade de Ascaris pode causar obstrução do intestino e morte. Tênias de aves também podem ser diagnosticadas nas aves doentes e fracas.
O diagnóstico das verminoses é feito pelo exame microscópico de fezes, que deve ser solicitado a um veterinário. A desverminação deve ser feita conforme orientação veterinária.
Os vermífugos utilizados basicamente são os mesmos usados em humanos e animais domésticos, o que muda é a dose e freqüência da aplicação do vermífugo. A sobredose de anti-helmínticos pode causar intoxicação.
Filo Nematoda (nematelmintos)
Características básicas
• Corpo cilíndrico.
• Representantes: áscaris (lombriga), filária, ancilóstomo.
• Triblásticos, acelomados e protostômios.
• Habitat: formas de vida livre terrestre e de água doce ou salgada; formas parasitas.
• Reprodução sexuada.
• Sistema digestório completo, com boca e ânus; digestão extracelular.
• Nos nematódeos, há uma ampla cavidade corporal (pseudoceloma) cheia de fluido, que facilita a distribuição de substâncias, como nutrientes, resíduos e gases – esqueleto hidrostático.
• Não há sistema respiratório(as trocas ocorrem por difusão).
• Sistema nervoso ganglionar(anel nervoso ao redor da faringe e dois cordões longitudinais.
O nemátodo C. elegans é um pequeno verme que vive no solo, com um comprimento até 1,2 mm na fase adulta (ver figura 1). Encontra-se largamente distribuído por todas as partes do globo, alimentando-se de bactérias. O ciclo de vida é de cerca de 3 dias em condições óptimas, sendo capaz de produzir grande quantidade de ovos, geneticamente idênticos, visto que o morfismo sexual é predominantemente hermafrodita (99.9%) (Altun and Hall, 2006).
Figura – O nemátodo Caenhorhabditis elegans em diferentes fases de desenvolvmento: A – Ovos, B – Vermes na fase adulta, C – Vermes na fase larvar L1
Características básicas
• Corpo achatado.• Representantes: planárias, schistosoma, tênias.• Habitat terrestre e aquático (água doce e salgada); alguns de vida livre, outros, parasitas.• Reprodução assexuada (planária) e sexuada (todos os representantes).• Digestão extracelular e intracelular. Sua cavidade digestória tem apenas boca, que serve para a entrada de alimento e a eliminação de dejetos (sistema digestório incompleto).• Não possuem sistema cardiovascular e nem sistema respiratório.• Sistema nervoso ganglionar.• As tênias são verdadeiras hermafroditas e não possuem sistema digestório; ao parasitar seus hospedeiros, ela retira o alimento já digerido.
EXAMES DE FEZESO exame de fezes é essencial para prevenir os parasitos ocultos e que comprometem a ave. O método preferido é o exame direto de fezes frescas, em solução salina, em esfregaço. Um exame negativo não significa, todavia, que a ave está “isenta”. Um exame mais apurado pode ser obtido pelo método tricoma.Fezes frescas são coletadas em álcool polivinil para conservar qualquer forma parasita.
A amostra é então colocada em uma lâmina, incubada 24 horas a 37 graus Celsios, e então submetida a ação do corante tricoma. Este procedimento identifica as diferentes formas de parasitos no material contaminado. As infecções por giárdia são comuns em Periquitos Ondulados, Calopsitas e Agapornis.
Oocisto de coccídia / Knemidokopts pilae / Giárdia / Ovos de Áscaris / Liver fluke / Plamódio em sangue periférico / Ovos de ácaros da pena
Considerações finais:
• Nunca forneça alimentação sem procedência e com a validade vencida para suas aves.
• Mantenha sempre o recinto ou a gaiola onde a ave vive sempre higienizada.
• Limpe os poleiros rotineiramente, se possível deixe eles de molho em solução de hipoclorito de sódio uma vez por semana usando uma diluição de (1: 5) de hipoclorito doméstico em água (1 parte de hipoclorito para 4 de água) é eficaz contra diversas bactérias e alguns vírus,.
• Evite deixar a banheira do banho no período pós banho pois à ave pode ingerir essa água que já esta contaminada, e as vezes até com presença de fezes.
• Lavar bem as verduras antes de fornecer as aves.
• Evitar fornecer Capins, Folhagens, Rameiras, Sementeiras; quando não se tem conhecimento do solo e do ambiente onde foram colhidas, risco de intoxicação por venenos, mata mato, e infecção de parasitas, vermes.
• Realizar consultas periodicamente com um Médico Veterinário para que um profissional capacitado possa propor o melhor protocolo a ser seguido e assim assegurando uma melhor qualidade de vida com muita saúde para sua ave.
Médico Veterinário Dr: Danilo Testa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
A Iniciativa IPAMA surgiu da necessidade de se agir pelo meio ambiente, sem esperar a ação de outros e sim sua própria iniciativa.
Ocorreu um erro neste gadget